NewRizon logo

Precisando de ajuda
com seu projeto?

Conte um pouco de como podemos te
ajudar no seu projeto:

Precisando de ajuda
com seu projeto?

Conte um pouco de como podemos te
ajudar no seu projeto:
Blog

Low-code como o futuro dos softwares

01/03/2023
12:00 am

às

Tópicos

O Low-code surgiu como uma maneira de tornar o desenvolvimento de aplicações mais acessível e eficiente. A primeira geração de ferramentas low-code surgiu na década de 1990, com a popularidade de ferramentas de automação de negócios e plataformas de desenvolvimento de aplicativos (PDA). Essas ferramentas permitiam que os usuários criassem aplicações sem precisar escrever código, mas ainda requeriam algum conhecimento técnico.

Com o avanço tecnológico, a abordagem low-code evoluiu para incluir ferramentas mais fáceis de usar e com recursos avançados, tornando-se cada vez mais popular entre as empresas.

Hoje em dia, existem várias ferramentas low-code disponíveis no mercado, cada uma com suas próprias características e recursos. Elas são amplamente utilizadas por empresas de vários setores para acelerar o desenvolvimento de aplicações, agilizar processos e reduzir custos.

Programação

Uma tendência para 2023

Low-code é uma tendência crescente no desenvolvimento de software que permite aos usuários desenvolverem aplicações sem a necessidade de codificação complexa. Com o aumento da busca por soluções de negócios personalizadas e a necessidade de agilidade na entrega de projetos, o low-code tem ganhado cada vez mais importância no mercado.

A tecnologia low-code é baseada em plataformas visuais que permitem aos usuários desenvolver aplicações através de interfaces fáceis de usar, sem precisar escrever código. Isso significa que os usuários não precisam ter conhecimento avançado, o que é especialmente útil para empresas que não possuem equipes de desenvolvimento internas.

Além disso, o low-code também permite aos usuários criá-las mais rapidamente do que com metodologias tradicionais de desenvolvimento de software. Isso é possível graças às ferramentas de automação embutidas nas plataformas low-code, capazes de automatizar tarefas comuns, como validação de dados e geração de relatórios.

Quais as vantagens do Low-code?

Low code oferece várias vantagens, incluindo:

Rapidez de desenvolvimento: com ferramentas low-code, é possível desenvolver aplicativos mais rapidamente do que com ferramentas de programação tradicionais.
Fácil de usar: ferramentas low-code são projetadas para serem fáceis de usar, mesmo para pessoas sem conhecimento técnico.
Menor custo: com o desenvolvimento de aplicações mais rápido e fácil, é possível economizar tempo e dinheiro.
Flexibilidade: as ferramentas low-code permitem a criação de aplicações personalizados, sem a necessidade de codificação complexa.
Agilidade: com as ferramentas low-code, é possível implementar mudanças rapidamente, sem a necessidade de recorrer a equipes de desenvolvimento.

Outra vantagem do low-code é a sua capacidade de integração com outras ferramentas e sistemas. É possível criar fluxos de integração com APIs de terceiros, o que pode ser muito útil para desenvolvimento de aplicações. Atualmente, existem várias plataformas de low-code no mercado, como a n8n, que usamos aqui na New Rizon, uma plataforma de automação de workflow com uma interface intuitiva, que pode ajudar na integração de APIs.

Ao usar uma plataforma low-code para criar fluxos de integração de API, você pode economizar tempo e esforço no desenvolvimento, além de reduzir a necessidade de habilidades técnicas especializadas. No entanto, lembre-se de que o uso do low-code não significa que você possa ignorar completamente as melhores práticas de desenvolvimento de software. Ainda é importante garantir que o aplicativo seja seguro, escalável e fácil de manter.

Low-code x No code

Low-code e no code são abordagens semelhantes para o desenvolvimento de aplicativos, mas há algumas diferenças entre elas.

O Low-code se refere a ferramentas que permitem o desenvolvimento da aplicação com pouco código, mas ainda requerem algum conhecimento técnico. As ferramentas low-code geralmente possuem interfaces visuais para criação de aplicações, mas ainda permitem a personalização com código.

No-code, por outro lado, se refere a ferramentas que não requerem conhecimento técnico para a criação. Essas ferramentas geralmente possuem interfaces intuitivas e arrastar-e-soltar, e não permitem a personalização com código.

Em resumo, Low-code é uma abordagem que permite a criação de aplicações com menos código, mas ainda requer algum conhecimento técnico, enquanto No-code é uma abordagem que permite a criação de aplicações sem nenhum conhecimento técnico.

Diferenta entre Low-code e No-code. As plataformas Low-code permitem o desenvolvimento de aplicações usando uma interface gráfica simplificada e pré-construída, com a adição de alguma programação básica. Enquanto as plataformas No-code permitem o desenvolvimento de aplicações sem qualquer linguagem de programação, sendo ideais para soluções simples.

Low code no mundo dos negócios

Em 2023, espera-se que o low-code continue a crescer em popularidade, com mais empresas adotando essa tecnologia para acelerar a entrega de projetos e melhorar a eficiência de suas operações. Além disso, a evolução da inteligência artificial também devem levar a novas funcionalidades e capacidades em plataformas low-code, permitindo aos usuários criar aplicações ainda mais avançados e personalizados.

Se você gostou deste artigo e quer saber mais sobre o assunto, fale com um de nossos especialistas de desenvolvimento de produtos digitais.

O Autor:
Carolina Gangorra

Carolina Gangorra

Carolina é Analista de Marketing na New Rizon e especialista em Inbound Marketing e produção de conteúdo. Possui formação em Jornalismo e um MBA em Marketing e Redes Sociais.
O Autor:
Carolina Gangorra

Carolina Gangorra

Carolina é Analista de Marketing na New Rizon e especialista em Inbound Marketing e produção de conteúdo. Possui formação em Jornalismo e um MBA em Marketing e Redes Sociais.

Artigos
relacionados:

Desenvolvimento de software no setor educacional
O desenvolvimento de software no setor educacional está ...
Ler artigo
APIs e Inteligência Artificial na era Data-Driven
Na era digital, a integração de sistemas se ...
Ler artigo
Produto digital
Priorização e resultados rápidos em produtos digitais
No mundo acelerado da tecnologia, o desenvolvimento de ...
Ler artigo
Psicologia na estratégia de UX
Como utilizar a psicologia na estratégia de UX
Atualmente no mercado de constante crescimento de tecnologia, ...
Ler artigo
UX Design
A importância da estratégia de UX para o sucesso de produtos e serviços digitais
Introdução O UX Design, ou Design de Experiência ...
Ler artigo
Inteligência Artificial e professores na otimização do ensino
A dinâmica entre Inteligência Artificial (IA) e o ...
Ler artigo

Precisando de ajuda
com seu projeto?

Conte um pouco de como podemos te
ajudar no seu projeto: